Veja mais em nosso Blog

Refinanciamento Imobiliário ou Home Equity

Nossa equipe resumiu as principais informações que você precisa saber para entender de uma vez por todas o que é o home equity ou empréstimo com imóvel como garantia.

Logo Soma$
Equipe Soma$
11 de janeiro, 2021

COMPARTILHE:

Home EquityEntenda tudo sobre Home Equity ou Empréstimo com garantia de imóvel e tome suas melhores decisões financeiras

Muito fala-se atualmente sobre o tema: refinanciamento imobiliário & home equity, porém você conhece os detalhe dessa modalidade de crédito?

A Soma$ ajudará você entender tudo o que você precisa para tomar sua melhor decisão financeira. Nosso time fez uma pesquisa ampla e espera poder ajudá-lo(a) a decidir se vale a pena contratar um crédito via garantia de imóvel.


Home Equity



O que é?


O nome não é de fácil entendimento para grande parte dos brasileiros, mas o refinanciamento de imóvel trata-se de uma modalidade de crédito imobiliário em que o seu ativo (imóvel) é usado como garantia de pagamento do empréstimo. Dessa forma, a instituição que irá conceder o crédito terá mais confiança, o que permitirá uma taxa de juros mais atraente ao tomador do crédito.

Em outras palavras e de forma simplificada, funciona da seguinte forma, o imóvel será transferido para o credor (instituição financeira) até o momento em que o devedor quite sua dívida.

Para conseguir o empréstimo, o cliente necessita encontrar uma instituição financeira que permita esse tipo de empréstimo. A Creditas é uma das financiadoras com maior expertise no assunto e umas das pioneiras no modelo no Brasil.

Ao fornecer o imóvel como garantia do empréstimo, normalmente você conseguirá um financiamento próximo a 80% do valor do imóvel e com juros mais competitivos, pois como dissemos anteriormente, reduz drasticamente o risco de inadimplência à instituição financeira.

Iremos detalhar adiante o funcionamento, peculiaridades e as vantagens/ desvantagens dessa modalidade de financiamento nascente no Brasil.


Como funciona?


Entendido o conceito principal de refinanciamento imobiliário, vamos agora aos termos mais práticos.

Apesar de ainda não ser tão popular quanto o empréstimo pessoal, o crédito com garantia está ganhando participação na matriz de crédito imobiliário brasileira, por conta da taxa de juros mais baixa comparado a outras modalidades.

Também conta favoravelmente a facilidade da aprovação e a extensão dos prazos de pagamento que tornam a modalidade mais vantajosa. O valor disponível para empréstimo também costuma ser maior, com o valor mínimo a partir de R$20.000.

Home EquityUma das modalidades de empréstimo que mais cresce, no Brasil

A regra principal para essa modalidade de crédito, é o tomador do financiamento possuir um imóvel para dar como garantia. Importante salientar, que esse imóvel precisa estar no seu nome junto a seu comprovante, para que assim você possa apresentar à instituição bancária ou financeira. O imóvel a ser usado como garantia, não pode ter nenhuma pendência judicia e deve estar devidamente quitado.

Durante os anos ou meses de refinanciamento, a sua habitação que será utilizada como garantia, não poderá ser vendida ou repassada a terceiros. Em outras palavras, o banco ou instituição financeira terá a posse indireta do bem durante o prazo do empréstimo.

Após o pagamento total de sua dívida, esse imóvel utilizado como garantia deixará de estar alienado pelo banco ou instituição financeira, momento no qual o proprietário retomará a posse total sobre o seu patrimônio.

No caso de inadimplemento do contrato de crédito, o cliente poderá perder o imóvel para o banco para compensar os pagamentos não honrados.


Mas, será que é confiável?


Por ser uma modalidade ainda não tão popular no Brasil, muitas perguntas são feitas pelo consumidor antes de firmar um contrato nessa modalidade.

É natural que o tomador crédito tenha receio da transação. Você batalhou meses ou anos para comprar o seu primeiro ou o imóvel que será utilizado como garantia e não quer tomar riscos de estar assinando termos que possam botar em risco sua propriedade. Outro fator que causa estranhamento para alguns clientes, é o fato de as taxas de juros serem menores em comparação a outros empréstimos convencionais, o que pode causar alguns questionamentos por parte do cliente em entender como a instituição financeira modelou esse produto.

Ao utilizar o imóvel como garantia, o cliente normalmente terá seu crédito aprovado com uma rapidez e segurança, sendo uma modalidade indicada para quem necessita de um montante alto, com juros baixos e amortização a longo prazo.

As taxas de juros do empréstimo com garantia de imóvel estão na média na faixa entre 1% e 2% ao mês, enquanto os juros do crédito convencional podem chegar a taxas mensais de até 27%.


Quando o refinanciamento imobiliário é interessante?


Não é uma conta trivial, mas nós da Soma$ temos como missão ajudar os nossos usuários(as) a tomarem decisões financeiras inteligentes. Para tanto, disponibilizamos de forma gratuita 3 simuladores que poderão ajudá=lo(a) na sua tomada de decisão em relação a contratação de um eventual crédito via garantia de imóvel.

Portabilidade de Crédito - Compara o seu financiamento atual ou um novo financiamento para você tomar a melhor decisão financeira.

Empréstimo Pessoal - Simule o empréstimo pessoal que necessita e veja o valor da primeira parcela e o fluxo de pagamentos do financiamento.

Financiamento Imobiliário - Simule o financiamento imobiliário e veja o valor da primeira parcela e o fluxo de pagamentos do financiamento.

Para decidir sobre o refinanciamento, o cliente precisa fazer algumas contas para analisar se compensa refinanciar sua dívida.

Primeiro, você precisará fazer uma análise das taxas de juros, número de parcelas, seguros vinculados e outras eventuais cobranças. No momento em que escrevemos esse artigo, existem diversas opções de home equity ao consumidor. Veja abaixo os principais fatores que você deve considerar para tomar sua decisão:

1 - Quitação de dívidas

Em diversos momentos, você precisará ganhar tempo para mudar e reestruturar sua vida financeiras. Nesses períodos, para ter acesso a um volume importante de dinheiro, vale a pensa considerar um refinanciamento do seu imóvel. Caso esteja nesse período, você precisará calcular qual é o impacto das suas dívidas atuais no momento, e verificando qual a sua capacidade atual de amortização da mesma.

2 - Preciso reformar meu imóvel atual

Nada é mais desgastante para um proprietário de um imóvel, do que ver seu patrimônio que lutou anos para adquirir ir depreciando ao longo do tempo. E todos sabemos o quão caro pode ser reformar e atualizar o seu apartamento ou casa. Além disso, caso você não o faça, o ritmo de depreciação do seu patrimônio irá crescer, o que acarretará uma perda de valor de mercado do seu imóvel.

A forma principal de reverter essa situação é preservando o seu patrimônio ao realizar um refinanciamento do imóvel. Após aprovado o seu crédito utilizando o seu imóvel como garantia, você terá a tranquilidade financeira para pintar as paredes, ajeitar os vazamentos e outras melhorias que você aguarda ansiosamente para fazer.

3 - Reserva financeira para um fundo de emergência

Esse ano de 2020 nos mostrou as dificuldades que podemos encarar em poucas semanas. Doenças, acidentes, perda de emprego e outros acontecimentos que ocorrem em nossas vidas, podem nos deixar em situação financeira delicada durante alguns momentos de nossa vida.

Como regra de ouro, é válido você ter uma reserva de emergência equivalente a 12 meses de seu custo mensal. Por exemplo, caso você tenha um custo de vida de R$ 10.000,00 por mês, é importante você ter uma reserva de no mínimo R$ 120.000,00 para momentos de dificuldade.

Mas, sabemos que juntar dinheiro não é uma tarefa simples. Em alguns momentos, pode tornar-se necessário levantar recursos com um refinanciamento de imóvel para recompor sua reserva de emergência

4 - Investimento em um segundo imóvel

Cada vez mais, brasileiros estão retornando para o mercado imobiliário como forma de obter maiores ganhos com seu patrimônio. Com a queda brusca nas taxas de juros, os imóveis voltaram a ser uma boa opção de investimento. No entanto, o mínimo exigido para dar uma entrada no seu futuro imóvel, pode ser elevado.

Para não perder a chance de realizar a compra do imóvel que você visitou e entendeu ser uma ótima oportunidade negócio, a dica pode ser levantar os recursos necessário para a entrada, através do refinanciamento do imóvel que possui.

O seu novo imóvel, poderá ser alugado, com o objetivo final de realizar o pagamento dos empréstimos. Além disso, após a quitação do crédito, você poderá utilizar o valor obtido com a venda do seu novo imóvel, para realizar um investimento ou uma nova compra de imóvel.

5 - Necessito de capital para montar meu negócio

Todos sabemos a dificuldade para montar o seu negócio. São diversos entraves burocráticos e financeiros. Muitas vezes, você pode ter uma ótima ideia, porém, financeiramente não viável no momento.

A busca de crédito para empresas sem faturamento e com poucos meses de vida, pode ser bastante frustrante.

Uma forma de tirar do papel e começar a execução do seu plano, é obter um empréstimo pessoal na modalidade Home Equity.


Como é processo de aprovação do Refinanciamento Imobiliário?


O refinanciamento de imóvel possui pré-requisitos mínimos para que o cliente possa ser aprovado. Por tratar-se de um empréstimo, cada instituição financeira terá sua rotina para verificar se o cliente é passível de aprovação do crédito.

De forma geral, as condições exigidas para o refinanciamento imobiliário são:

• o imóvel precisa estar em nome do tomador do empréstimo;

• o imóvel deve estar regularizado em área urbana — com toda a documentação correta;

• o cliente não pode estar com o nome sujo (ter restrições no Serasa/SPC);

• a sua renda mínima precisa ser compatível com o valor solicitado;

• o empréstimo, normalmente, tem um limite de até 60% da avaliação do imóvel.


Etapas do processo


Como primeiro passo para o obtenção do refinanciamento imobiliário, você precisará pedir a matrícula atualizada do imóvel no cartório de Registro de Imóveis. Esse passo é necessário, pois o departamento de crédito da instituição financeira escolhida, irá fazer uma análise inicial do seu imóvel. Caso elegível para o refinanciamento imobiliário, são quatros principais etapas a serem completadas:

Análise de crédito

Os primeiros passos serão esclarecer as eventuais dúvidas sobre o financiamento à instituição financeira. O interessado em fazer o refinanciamento irá apresentar as informações necessárias e documentos para a análise. O setor responsável pela análise de crédito da insituição financeira observará as características do imóvel e conferir se encaixam com as regras da instituição.

Análise jurídica

A análise jurídica detalhada é realizada e o banco / instituição financeira irá verficar se preenche os requisitos legais mínimos. O objetivo desta etapa é garantir que as partes serão preservadas de futuros problemas legais.

Análise do imóvel

Os analistas solicitam uma avaliação do imóvel com o agendamento de vistoria. Um engenheiro credenciado acompanha o interessado para se certificar de que o valor informado da propriedade está de acordo com o mercado na data do requerimento. O profissional especializado faz uma perícia minuciosa da situação do bem e registra no laudo.

Assinatura do contrato

Caso todas etapas anteriores tenham sido aprovados pela instituição financeira, você está aprovado para tomar o crédito. Basta agendar a assinatura do contrato com o banco.


Quando não é recomendado o refinanciamento imobiliário?


Mesmo o refinanciamento sendo uma ótima possibilidade, existem casos em que não é recomendado a obtenção do mesmo. Principalmente, no caso de pessoas que já possuem um alto grau de endividamento e que poderão entrar em colapso financeiro, caso aumentem ainda mais seus níveis de endividamento. De forma geral, planejadores financeiros recomendam no máximo 36% da sua receita líquida gastos com dívida.

Utilize nossas ferramentas gratuitas e interativas para tomar suas melhores decisões finaneceiras.

Acesse nosso simulador: quanto possa gastar em um imóvel? e verifique se vale a pena aumentar seu endividamento e qual valor máximo que pode pagar no seu novo imóvel.


Veja mais sobre empréstimo pessoal:

Toda semana novos artigos especialmente produzidos por nossa equipe para que você possa tomar decisões financeiras mais inteligentes

Portabilidade de Crédito
06 de outubro, 2021
Portabilidade de Empréstimo

Saiba tudo sobre portabilidade de empréstimo e como tomar a melhor decisão sobre o assunto.

10 dicas para não cair em golpes de empréstimo
28 de setembro, 2021
10 dicas para não cair em golpes de empréstimo

A Somas separou 10 dicas para te ajudar a não cair em golpes de empréstimo pessoal.

O que é refinanciamento?
02 de outubro, 2021
O que é refinanciamento de empréstimo?

A Somas irá te explicar em detalhes como funciona o refinanciamento e você tomará a melhor decisão financeira com esse novo conhecimento.

Limite Crédito Pessoal
02 de outubro, 2021
O que é limite de crédito pessoal?

O limite de crédito pessoal é um tipo de crédito que as diferentes instituições financeiras disponiblizam aos consumidores. Veja mais sobre o tema com a Somas.

Contratar 2 empréstimo
01 de outubro, 2021
Já tenho um empréstimo pessoal, posso fazer outro?

Para quem já tem um empréstimo e precisa de outro para alguma necessidade, é possível? Nós respondemos.

Como contratar uma financeira segura?
27 de setembro, 2021
Como contratar uma financeira segura?

A Somas separou os principais fatores que você deve analisar ao contratar um novo financiamento ou empréstimo pessoal.

Qual banco tem a melhor taxa
16 de setembro, 2021
Qual banco tem a menor taxa de empréstimo pessoal?

Veja com a Somas quais bancos possuem as menores taxas de empréstimo pessoal.

Geru
16 de setembro, 2021
Análise: Creditas é confiável?

A Somas fez uma análise completa sobre o empréstimo pessoal da Creditas. Saiba se a empresa possui o empréstimo ideal para o seu perfil.

Como Simular um Empréstimo Pessoal
20 de setembro, 2021
Como Simular um Empréstimo Pessoal?

Precisa de um empréstimo pessoal e não sabe por onde começar a simulação? Veja mais.

Juros de Empréstimo
20 de setembro, 2021
Como Calcular Juros do Empréstimo?

A Somas preparou um artigo completo para te ajudar a aprender como calcular o juros de um empréstimo.

Geru
16 de setembro, 2021
Análise: Geru é confiável?

A Somas fez uma análise completa sobre o empréstimo pessoal da Geru. Saiba se a empresa possui o empréstimo ideal para o seu perfil.

Geru
16 de setembro, 2021
Análise: Geru

A Somas fez uma análise completa sobre o empréstimo pessoal da Geru. Saiba se a empresa possui o empréstimo ideal para o seu perfil.

Click Cash
16 de setembro, 2021
Análise: Click Cash

A Somas fez uma análise completa sobre o empréstimo pessoal da Click Cash. Saiba se a empresa possui o empréstimo ideal para o seu perfil.

bxblue
16 de setembro, 2021
Análise: bxblue

A Somas fez uma análise completa sobre o empréstimo consignado que você pode encontrar na bxblue. Saiba se a empresa possui o empréstimo ideal para o seu perfil.

Supersim
16 de setembro, 2021
Análise: Supersim

A Somas fez uma análise completa sobre o empréstimo pessoal da Supersim. Saiba se a empresa possui o empréstimo ideal para o seu perfil.

Empréstimo Sim
16 de setembro, 2021
Análise: Empréstimo Sim

A Somas fez uma análise completa sobre o empréstimo pessoal da Empréstimo Sim. Saiba se a empresa possui o empréstimo ideal para o seu perfil.

Lendico
16 de setembro, 2021
Análise: Lendico

A Somas fez uma análise completa sobre o empréstimo pessoal da Lendico. Saiba se a empresa possui o empréstimo ideal para o seu perfil.

Empréstimo para Autônomo
16 de setembro, 2021
Saiba tudo sobre Empréstimo para Autônomo

Veja com a Somas como obter as melhores condições de empréstimo para autônomos

Menores taxas de empréstimo pessoal
28 de julho, 2021
Como obter empréstimo pessoal e conseguir menores taxas

Conheça um pouco mais sobre o empréstimo pessoal e conheça nossas parceiras, que possuem as taxas mais atrativas de juros do mercado.

Rispar
16 de setembro, 2021
Análise: Rispar

A Somas fez uma análise completa sobre o empréstimo pessoal da Rispar




Acesse nossos simuladores e conteúdos para melhorar o seu planejamento financeiro

Nosso próposito é ajudar nossos usuários a tomarem decisões financeiras mais inteligentes.