Veja mais em nosso Blog

6 Metas financeiras para conquistar saúde em suas finanças

A Somas preparou um artigo completo para te ajudar a montar suas metas financeiras e conseguir seguir o plano.

Logo Soma$
Equipe Somas - Lorraine Moreira
*Atualizado em 14 de janeiro, 2022

COMPARTILHE:

O que você verá nesse artigo:

Liberdade FinanceiraComo definir suas metas financeiras?

O que é uma meta financeira?


Uma meta financeira é uma tarefa traçada dentro de um planejamento, a fim de conquistar um objetivo predefinido.

Um exemplo é você decidir que fará investimentos com parte do seu salário e para isso, definir uma porcentagem. Esse valor a ser investido é uma meta.

Mas antes de começar, vale ver o método 50-30-20 para ter ideias de como executar planos.


Por que é preciso ter metas?


Estabelecer objetivos, criar um orçamento pessoal e se preocupar com a saúde nas finanças são fatores relevantes para uma vida de qualidade.

Apesar disso, muitos brasileiros não possuem conhecimento do porquê isso é importante. Segundo a Pesquisa Global de Educação Financeira da Standard & Poor’s, o Brasil está em 74° lugar no ranking da educação financeira.

Se você quer estar fora dessa realidade e não sabe por onde começar, precisa buscar um planejamento financeiro. O passo inicial é a criação de metas, as quais auxiliarão na tomada de decisões das suas finanças.

Mas como fazê-las de forma correta? Leia esse artigo até o fim e descobrirá.


1° Meta - Use o método SMART


O método SMART é um facilitador na criação de metas. Ele corresponde a 5 princípios: Specific (Específico), Measurable (Mensurável), Achievable (Alcançável) , Relevant (Relevante), Time Based (Prazo Determinado).

Mas o que é cada uma? Segue:


S: Specific – Específico

Você deve ser específico com relação ao que deseja. Portanto, seja detalhista e objetivo. Isso serve para que saiba bem qual seu foco e direcionamento.

Dizer: “Quero comprar um imóvel no Rio de Janeiro daqui a 4 anos e para isso, precisarei de 300 mil reais” é uma meta mais clara do que “comprar um imóvel”

Quando se torna mais específico, entende-se melhor o que deve ser feito.


M: Measurable – Mensurável

A meta financeira necessita de um resultado mensurável. Com isso, será possível analisar se está no direcionamento certo.

Ao estabelecer “farei mil reais de renda extra neste ano com a venda de suco”, saberá o que almeja e quando chegar nesse resultado, consegue identificar que cumpriu o que se propôs a fazer.


A: Achievable – Alcançável

A meta precisa ser atingível. Se você é endividado, por exemplo, e coloca como meta estar milionário em 3 meses, não está sendo coerente com a realidade.

Exceções à regra existem, mas o objetivo é traçar metas que na normalidade você possa cumprir. É importante se desafiar para conseguir resultados melhores, mas seja realista- ou pode criar apenas frustrações por não ter alcançado o que programou.


R: Relevant – Relevante

É importante que suas metas façam sentido para o momento em que você está inserido. Caso você seja um comerciante, por exemplo, poderia ter seu foco na loja física. No entanto, com a pandemia, onde as pessoas ficaram mais em casa, ter como meta oferecer seu produto por delivery, é mais relevante do que querer fazer reformas na loja física.


T: Time Based – Prazo determinado

Determinar prazos é outro item necessário. Saber quando certa tarefa deve ser feita, impulsiona o trabalho e torna específico o que deve ser feito.

Dizer: “aumentar minhas finanças pessoais em 20%” é algo vago. A meta deve ser cumprida em 15 dias ou 15 anos? Não se sabe porque não foi criado um prazo. Então, o certo seria “aumentar minhas finanças pessoais em 20% em 6 anos”.


2° Meta - Faça seu orçamento familiar


É importante criar seu orçamento familiar. A partir dele, você entende quais são as entradas e saídas. Com isso, consegue observar gastos desnecessários e formas de economizar.

Suas informações estão seguras com a Somas.


3° Meta - Faça uma reserva de emergência


Criar uma reserva financeira de, no mínimo, 6 meses do seu custo de vida mensal, é um dos passos mais importantes para conquistar uma boa vida financeira.

Esse número de meses deve estar relacionado com a segurança da sua profissão. Se for um servidor público, por exemplo, onde há estabilidade de renda, pode pensar em um período menor. Mas caso seja um autônomo e por isso, tem uma renda que oscila durante os meses, pense em criar uma reserva de 1 ano.

O objetivo é essencial para momentos de emergência. Em situações de demissão, ou problemas com vendas, por exemplo, ao invés de contratar um empréstimo, pode usar esse dinheiro.

Temos uma ferramenta que te ajuda a saber quanto deve reservar, clique aqui.


4° Meta- Determine quais são seus objetivos


Nesse momento, você deve detalhar quais são suas intenções, tais como comprar um imóvel, fazer uma viagem ou dar uma vida mais confortável aos seus filhos.

Você decide quais são, mas é importante ser realista. Não adianta achar que 1 milhão de reais vai surgir do “dia para a noite”.

Com elas prontas, pode criar outros propósitos, os quais serão pequenas tarefas a fim de conquistar objetivos.

Não se esqueça da inflação, o poder de compra tende a mudar com o tempo. Logo, o que você compraria com X valor hoje, será diferente no futuro. Para traçar seus planos financeiros, lembre-se de calcular a inflação.


5° Meta - Estabeleça prazos


Criar uma periodização para que seus projetos sejam realizados ajuda não só na organização, mas como também na realização das atividades: quando há uma separação em categorias, é mais fácil visualizar o que deve ser feito.


Curto Prazo

As metas de curto prazo são aquelas que devem ser realizadas em até 2 anos. Nesse período, você consegue ter certa previsibilidade do futuro cenário e por isso, pode planejar concretamente.

Exemplos que entram nessa categoria são: fazer o seu orçamento familiar, começar a investir e criar sua reserva de emergência. Ou seja, questões básicas para o início de uma vida financeira sadia.


Médio Prazo

A categoria de médio prazo abrange as metas que devem ser feitas de 3 a 10 anos, como contratar um intercâmbio, ou comprar um carro.


Longo Prazo

Aqui entram as metas que devem ser atingidas em um período maior que 10 anos. Pelo longo tempo disponível, geralmente as pessoas tendem a criar um fundo de aposentadoria, comprar um imovel ou gastos que exigem mais dinheiro.

Monte seu plano para aposentadoria.

Encontre um assessor de investimentos da XP para ajudar com suas finanças através da Somas.

Suas informações estão seguras com a Somas.


6° Meta - Faça investimentos


Muitas vezes, os indivíduos acreditam que investir é algo fora da realidade, ou só para quem possui muito poder aquisitivo. Mas isso não procede. Atualmente, a tecnologia possibilita o fácil acesso ao investimento.

Para conseguir uma renda extra, é necessário criar um planejamento. Uma das formas é usando o método 50-30-20: 50% do seu salário vai para os custos fixos (aluguel, por exemplo), 30% para variáveis (como viagens) e 20% para poupar, reduzir dívidas, ou investir.

É interessante fazer investimentos mensais com pelo menos 10% do seu salário. Assim, você pode criar um comportamento que se repetirá em todas as situações.

Há pessoas que não investem por medo de perder dinheiro. No entanto, assim como existem aplicações de risco, existem os que são seguros, como o tesouro direto. O retorno sobre investimento será menor do que os de risco, mas é melhor que a poupança, por exemplo.


Descubra seu perfil de investidor

Para saber qual investimento fazer, é necessário descobrir seu perfil. Isso fará com que você faça escolhas coerentes. Vale lembrar que existem 3 tipos de investidores: conservador, moderado, agressivo.

O conservador é aquele que não está disposto a correr riscos. Deseja aumentar sua renda sem que perca dinheiro. Para eles, o investimento trará um retorno menor, mas garantido.

Já a pessoa moderada, está disposta a correr alguns riscos em busca de maior rentabilidade, mas não corre tanto risco quanto o agressivo. Para isso, cria uma carteira diversa, com ações de risco e outras seguras.

O agressivo, por sua vez, é aquele que em busca da maior lucro, expõe-se a mais riscos .


Faça estratégias na hora de investir

Criar estratégias é crucial para obter uma maior rentabilidade. Para isso, você deve fazer uma alocação de ativos que respeite seu perfil de investidor Caso sua carteira seja , por exemplo, em 80% de renda fixa e 20% de variável, procure por ações diferentes entre si.

Por possuir essa diversificação, quando perder com uma ação, não vai ser comprometido de forma significativa, já que detém outras ações.

Nesse sentido, crie a carteira ideal para você e sempre tente deixá-la próxima dessa idealização.

A Somas oferece uma assessoria financeira gratuita, basta se cadastrar. É interessante receber essa ajuda para otimizar sua tomada de decisão.


Busque conhecimento

É importante procurar entender o funcionamento do mercado financeiro, quais os melhores investimentos a se fazer e como eles se comportam.

Atualmente, muitos profissionais vêm fazendo vídeos no Youtube com intenção de levar educação financeira para as pessoas, é o caso da Somas, clique aqui e aproveite.


Acompanhe seu desempenho


Para isso, basta identificar sua meta e se tem obtido resultados positivos, ou se já fez 100% do que pretendia, concretizando o que desejava.

Caso perceba que não está gerando resultados, precisa entender quais são os fatores que estão colaborando para esse impacto negativo. Identificando isso, pode tentar outras formas, criando outras metas, a fim de conquistar o que desejava.

E antes de pensar em outra opção, se pergunte “o que aconteceu para essa meta financeira não dar certo?”. O problema, por exemplo, pode ocorrer pela má execução dela. Logo, tentar novamente é uma opção.


Agora que já sabe estabelecer seus objetivos, que tal usar nosso simulador de metas financeiras?


Para definir suas metas utilizando o simulador da Somas é simples.

R$
R$
Período
%

As informações fornecidas por este site não compreendem uma assessoria de investimentos tampouco refletem todas as considerações de natureza de investimentos que possam ser relevantes para um investidor em função das suas circunstâncias particulares.

O valor da poupança mensal necessária para atingir seu objetivo financeiro é de

Comece com o campo "Objetivo Financeiro", onde irá inserir o valor que gostaria de ter para conseguir realizar o objetivo.

Em seguida, você deve inserir o valor atual que possui de reserva para essa finalidade em "Investimento Inicial".

Outra informação necessária para fazermos o cálculo será o prazo a ser investido ou para cumprir o objetivo. Por exemplo, caso você pretenda economizar para o casamento em 2 anos, pode optar por 24 meses ou 2 anos na opção de prazo "Tempo para crescer o objetivo".

Por último, precisamos saber qual o rendimento mensal que sua aplicação ou investimento rende ao ano em "Taxa de retorno anual de investimentos".

Após inserir todos os dados acima, vamos calcular automaticamente o valor necessário para poupar ao mês e assim, alcançar o objetivo.

Caso tenha vários objetivos financeiros planejados e com diferentes prazos para cada, use a calculadora individualmente, ou seja, 1 simulação para cada objetivo.


Veja mais sobre investimentos:

Diariamente novos artigos especialmente produzidos por nossa equipe para que você possa tomar decisões financeiras mais inteligentes

14 de novembro, 2022
Blindagem Patrimonial: o que é e como fazer? (2022)

Blindagem patrimonial é um procedimento para a proteção do patrimônio de pessoas físicas a partir do poder jurídico.

14 de novembro, 2022
Renda Passiva: o que é e como conseguir? (2022)

A renda passiva é o valor adquirido por meio de investimentos em produtos financeiros. Veja como obter e complementar sua renda.

14 de novembro, 2022
WACC: o que é, para que serve e como realizar esse cálculo? (2022)

O custo médio ponderado de capital é um instrumento importante para detentores de títulos de empresa. Veja mais sobre o assunto.

14 de novembro, 2022
Fundo Fiduciário: o que é e como funciona? (2022)

Fundo fiduciário é um contrato feito para a transferêcia de patrimônio de famílias ou empresas. Veja mais sobre o assunto nesse artigo.

14 de novembro, 2022
Deflação: o que é e como ela impacta os seus investimentos? (2022)

Deflação é o oposto de inflação. Saiba as vantagens e desvantagens de investir no cenário de queda de preços.

14 de novembro, 2022
Fundo Previdenciário: o que é e vale a pena? (2022)

Fundo previdenciário é um plano de previdência privada administrado por empresas do setor financeiro. Veja mais sobre o assunto.

10 de novembro, 2022
Índice futuro: o que é e qual sua importância? (2022)

O índice futuro é um contrato de derivativo operado por especuladores no mercado futuro.

10 de novembro, 2022
Joint Venture: o que é e como funciona? (2022)

Joint Venture é o acordo legal firmado entre duas empresas para conquistar um objetivo específico.

10 de novembro, 2022
Modelagem Financeira: entenda o que é e sua importância (2022)

A modelagem financeira é um sistema que projeta a capacidade de uma empresa de gerar caixa no futuro.

10 de novembro, 2022
Balanço Patrimonial: o que é e como analisar uma empresa através? (2022)

Balanço patrimonial é uma demonstração financeira que apresenta a saúde financeira de uma companhia.

10 de novembro, 2022
Payroll: o que é qual sua importância no mercado? (2022)

Payroll é o principal indicador de empregos da economia dos Estados Unidos. Veja mais sobre e os impactos no mercado.

10 de novembro, 2022
Trade Off: o que é? (2022)

Trade off é escolher algo em detrimento de outra opção. Veja exemplos práticos e entenda mais sobre.

10 de novembro, 2022
Valor Patrimonial: o que é? (2022)

O valor patrimonial é um indicador resultante da divisão do patrimônio líquido da empresa pelo número de ações.

10 de novembro, 2022
Value Investing: o que é e como utilizar? (2022)

O value investing é uma forma de avaliar ações listadas na Bolsa de Valores. Veja mais sobre como utlizar essas técnicas.

10 de novembro, 2022
Wealth Management: o que é e como funciona? (2022)

Wealth Management é uma gestão de patrimônio com diferentes serviços relacionados a finanças para pessoas com elevado poder aquisitivo.

Acesse nosso Blog

Acesse nosso conteúdo e saiba mais sobre finanças pessoais, economia e assuntos diversos.

Toda semana artigos novos especialmente produzidos por nossa equipe para que você possa tomar decisões financeiras mais inteligentes

Acesse nossos simuladores e conteúdos para melhorar o seu planejamento financeiro

Nosso próposito é ajudar nossos usuários a tomarem decisões financeiras mais inteligentes.