Veja mais em nosso Blog

Desvendando o CDI: O Que é a Taxa CDI e Como Ela Impacta Seus Investimentos?

CDI significa Certificado de Depósito Bancário, e ele é utilizado como base para vários investimentos.

Logo Somas
Equipe Somas - Raslan Torres
25 de setembro, 2023

COMPARTILHE:

O que é CDI e como começar a investir? [2024]O que é CDI e como começar a investir? [2024]

Você pode estar só começando a se interessar por investimentos, mas com toda certeza já esbarrou na sigla CDI em alguma leitura.

Mas cá entre nós: você compreende pra valer o que a sigla significa e a razão para ela ser “figurinha carimbada” em artigos sobre economia e finanças em geral?

Se a resposta for não, continue por aqui, pois vamos explicar em detalhes o que é o Certificado de Depósito Bancário, como se dá a sua utilização pelos bancos e as razões para ele ser o parâmetro de vários investimentos.

Neste blog, você vai aprender:


O que é o CDI, sua origem e finalidade?


O CDI, ou Certificado de Depósito Interbancário, é uma taxa que reflete os juros praticados em empréstimos realizados entre instituições financeiras. Ele surgiu nos anos 1980 como uma forma de as instituições emprestarem dinheiro entre si para equilibrar seus caixas diários. De forma resumida, um banco com excedente de recursos empresta para outro com escassez, e a taxa CDI é a média dos juros pagos nesses empréstimos.

A principal função do CDI é servir como referência para diversas operações do mercado financeiro, como os investimentos em renda fixa e a precificação de empréstimos. Ele influencia, por exemplo, a rentabilidade de títulos de renda fixa pós-fixados, que têm seu rendimento atrelado a uma porcentagem do CDI.


Qual a composição da taxa DI?


A taxa DI representa a média das movimentações interbancárias do dia. E é a Bolsa de Valores Brasileira (B3) a responsável pelo seu cálculo e divulgação.

Segundo as normas do Banco Central, devem ser levadas em conta apenas operações de um dia útil realizadas entre instituições bancárias de diferentes corporações.

Também é importante dizer que, a partir de 2018, a metodologia de cálculo do CDI passou a seguir outros dois critérios: número de operações de empréstimos interbancários maior ou igual a 100.Volume total das operações elegíveis superior ou igual a R$ 30 bilhões.

Dessa maneira, tem-se uma média ponderada, que gerará a taxa CDI do próximo dia. Caso por algum motivo as duas condições não sejam observadas, repete-se a taxa do dia anterior.

E apenas para fixar o entendimento: a taxa DI mensal consiste na composição das taxas diárias praticadas no mês de referência. E por consequência, a anual é a composição dos DIs mensais.

Dica: a Somas disponibiliza um simulador de carteira, onde você pode escolher o valor a ser aplicado, definir o perfil que mais combina com você e receber uma sugestão personalizada. Acesse e confira!


Relação do CDI com a taxa Selic e a poupança


A taxa CDI está diretamente ligada à taxa Selic, que é a taxa básica de juros da economia brasileira. A Selic é definida pelo Comitê de Política Monetária (COPOM) e serve como referência para as taxas de juros praticadas no mercado. Por isso, é comum ver a taxa CDI próxima à Selic, uma vez que as instituições financeiras buscam manter os empréstimos interbancários alinhados às decisões do COPOM.

A poupança, por sua vez, rende uma porcentagem da taxa Selic. Isso significa que quando a Selic é baixa, a rentabilidade da poupança também é reduzida, tornando outras opções de investimento mais atrativas, como os investimentos que rendem via CDI.


Calculando o investimento CDI


Para você entender melhor como funciona a taxa CDI de um investimento, considere o seguinte exemplo prático:

Imagine que você tenha R$10.000 para investir e deseja aplicar em um CDB (Certificado de Depósito Bancário) que rende 110% do CDI. Se a taxa CDI estiver em 7% ao ano, o cálculo seria:

Rendimento anual = R$10.000 * 110% * 7% = R$770

O seu rendimento ao longo do ano seria de R$770. É importante dizer que, em investimentos pós-fixados, o valor exato do rendimento pode variar conforme as variações da taxa CDI.

Para te ajudar nesse cálculo, a Somas disponibiliza uma calculadora gratuita de CDI. Nela você consegue prever os seus ganhos de maneira prática e rápida. Acesse e confira!

Suas informações estão seguras com a Somas.


Exemplos de investimentos que rendem via CDI


Existem diversos tipos de investimentos que rendem via CDI, tais como:

  • CDB (Certificado de Depósito Bancário): É um título emitido pelos bancos para captar recursos. O rendimento costuma ser atrelado ao CDI, podendo variar de acordo com o prazo de vencimento.

  • LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) e LCI (Letra de Crédito Imobiliário): São títulos emitidos por instituições financeiras para financiar setores específicos da economia. Assim como o CDB, o rendimento costuma ser vinculado ao CDI.

  • Fundos de Investimento: Muitos fundos de renda fixa e multimercado também têm rendimento atrelado ao CDI. Eles oferecem uma opção de diversificação sem que você precise investir diretamente em títulos individuais.

Cada uma dessas aplicações oferecem diferentes prazos, liquidez e graus de risco, Deste modo, é possível escolher o mais adequado para os seus objetivos e perfil de investidor.

A Somas te ajuda na hora de receber ajuda profissional para montar sua carteira de investimentos com um assessor XP credenciado.

Cadastre-se na assessoria de investimentos da Somas.


Principais vantagens do CDI


Investir em produtos que rendem via CDI oferece diversas vantagens. Entre elas, destacamos:

  • Segurança: Como o CDI é uma taxa de referência baseada nas transações entre instituições financeiras, os investimentos que o acompanham tendem a ser mais seguros.

  • Variedade de Investimentos: Você pode escolher entre diferentes produtos financeiros que rendem via CDI, permitindo uma diversificação de sua carteira.

  • Liquidez: Dependendo do tipo de investimento, é possível resgatar seus recursos em momentos de necessidade.


Mitos sobre o CDI


Há alguns mitos que cercam o CDI e os investimentos que o acompanham:

  • Investir em CDI é complicado: Na verdade, muitas instituições financeiras oferecem produtos que rendem via CDI, e iniciar um investimento desse tipo é relativamente simples, principalmente com o auxílio de um profissional de finanças.

  • CDI é só para quem tem muito dinheiro: investir em produtos que rendem via CDI é possível para uma variedade de orçamentos. Muitos CDBs e fundos de investimento têm valores mínimos bastante acessíveis.


Como começar a investir?


Em todos os blogs da Somas, fazemos questão de reforçar que para investir é necessário compreender o seu perfil de investimentos e objetivos de curto, médio e longo prazos. O CDI apresenta baixo risco, então o que precisa ser levado em conta é a confiança na instituição financeira escolhida, a taxa de rendimento do CDI e de quanto será o seu investimento.

E claro, pesquisar sobre o assunto, ler textos como este e buscar ajuda especializada também podem fazer a diferença para tomar boas decisões.


Conclusão


Investir via CDI é uma excelente maneira de começar sua trajetória no mundo dos investimentos. Como um dos pilares do mercado financeiro brasileiro, o CDI oferece segurança e referência para diversas operações.

Esperamos que este artigo tenha fornecido uma compreensão clara do que é o CDI, como ele se relaciona com a taxa Selic e a poupança, e como você pode utilizar esses conceitos para tomar decisões financeiras mais sólidas.

Como mostramos ao longo do texto, investir via CDI é uma maneira acessível e inteligente de começar a construir seu patrimônio.

Conforme você avança nesta trajetória de aprendizado e investimento, você se sente confiante para tomar decisões mais assertivas e embasadas. Conte com a Somas na caminhada rumo a um futuro financeiro promissor.

Monte seu plano para aposentadoria.

Encontre um assessor de investimentos da XP para ajudar com suas finanças através da Somas.

Suas informações estão seguras com a Somas.


Veja mais sobre investimentos:

Diariamente novos artigos especialmente produzidos por nossa equipe para que você possa tomar decisões financeiras mais inteligentes

25 de setembro, 2023
Quanto Rende 3 Milhões em Diferentes Estratégias Financeiras [2024]

Ter esse valor na conta seria sinônimo de tranquilidade para a esmagadora maioria das pessoas. Mas existem opções além da poupança para deixar o dinheiro render.

25 de setembro, 2023
Você sabia que é possível investir no esporte? [2024]

De maneira resumida, o trader esportivo consiste em realizar operações na Bolsa Esportiva a favor ou contra um acontecimento durante uma partida, disputa, campeonato, entre outros.

25 de setembro, 2023
Fundos de investimento imobiliário: conheça mais! [2024]

Descubra como multiplicar seu patrimônio com Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs).

25 de setembro, 2023
Mercado de opções: como funciona? [2024]

Esse investimento é uma boa alternativa para diversificar a carteira. Seu preço irá variar de acordo com o comportamento do ativo-objeto.

25 de setembro, 2023
Networking: Aprenda a usar o seu tempo para construir bons relacionamentos [2024]

Conheça tudo sobre networking e evolua pessoalmente e profissionamente!

25 de setembro, 2023
Entenda como chegar no seu primeiro milhão [2024]

Alcançar o primeiro milhão é possível, desde que se tenha disciplina financeira e constância.

25 de setembro, 2023
Cisne Negro: Você sabe o que é no mercado financeiro? [2024]

Fenômenos imprevísiveis que impactam o mercado financeiro são conhecidos dessa forma.

25 de setembro, 2023
Como investir 5 milhões de reais? [2024]

Ter uma quantia elevada à disposição traz tranquilidade, mas também pode provocar uma série de dúvidas a respeito dos investimentos.

28 de agosto, 2023
Alíquota: o que é e como funciona? [2024]

De forma resumida, a alíquota representa o percentual utilizado como base de cálculo para um imposto a ser pago por pessoa física ou jurídica.

20 de junho, 2023
Bolsas de valores internacionais e as oportunidades de lucro! [2024]

Ao contrário do que muita gente pensa, investir em bolsas de valores internacionais não precisa ser complicado.

20 de junho, 2023
Entenda como chegar no seu primeiro milhão [2024]

Alcançar o primeiro milhão é possível, desde que se tenha disciplina financeira e constância.

28 de agosto, 2023
Taxa de juros com alta histórica nos EUA: o que isso representa para o investidor brasileiro? [2024]

A taxa de juros americana alcançou um patamar próximo de países emergentes. Como isso impacta o investidor brasileiro?

20 de junho, 2023
Retail Liquidity Provider (RLP): entenda o que é e como funciona [2024]

RLP: a sigla significa Retail Liquidity Provider, ou Provedor de Liquidez para o Varejo em bom português. Veja tudo sobre!

20 de junho, 2023
Mercado a Termo: o que é e como funciona? [2024]

Mercado a termo envolve a operação de compra e venda de derivativos, com prazo de vencimento em uma data futura.

Acesse nosso Blog

Acesse nosso conteúdo e saiba mais sobre finanças pessoais, economia e assuntos diversos.

Toda semana artigos novos especialmente produzidos por nossa equipe para que você possa tomar decisões financeiras mais inteligentes

Acesse nossos simuladores e conteúdos para melhorar o seu planejamento financeiro

Nosso próposito é ajudar nossos usuários a tomarem decisões financeiras mais inteligentes.